31 de maio de 2008

PRETO E BRANCO

Eu não quero
Esse mundo em preto-e-branco
Que eu não posso explicar
É, eu não quero
Que a vida venha pronta
Ensaiada prá agradar

Não sei como te falar
Mas deixo os meus recados
Por onde você possa passar
É, nos muros da cidade a te cercar

Nem sei onde quero chegar
Mas seja onde for
Rio, Paulicéia, Nova Déli, Paris
Eu só quero, eu só quero ser feliz, eu só quero...

E no começo
As coisas têm um brilho
Que com o tempo se vai
Mas tudo bem
Eu sempre trago um sonho
Que pode, eu sei
Que pode me salvar...





Nenhum comentário: