11 de janeiro de 2009

Oceano - Djavan



Assim que o dia amanheceu lá no mar alto da paixão

dava pra ver o tempo ruir
cadê você? Que solidão! Esquecera de mim?

Enfim,de tudo o que há na terra não há nada em lugar nenhum
que vá crescer sem você chegar
longe de ti tudo parou
ninguém sabe o que eu sofri

Amar é um deserto e seus tremores
vida que vai na sela destas dores
não sabe voltar
me dá seu calor

Vem me fazer feliz porque eu te amo
você deságua em mim e eu oceano
e esqueço que amar é quase uma dor

Só sei viver se for por você

Nenhum comentário: