27 de janeiro de 2009

Quando a tempestade invade nossas vidas.






Nos ultimos dias parte do Brasil tem sofrido em virtude das chuvas torrenciais que copiosamente tem caído em alguns estados. Nesta semana, uma forte chuva acrescentada de um grande vendaval "varreu" o Rio de Janeiro. Na ocasião, a tempestade foi tão forte que sacudiu árvores, arbustos e arvoredos, proporcionando a aqueles que nas ruas estavam, pânico e medo.
No dia seguinte, após o temporal, observei que ao chão das vias públicas encontravam-se uma grande quantidade de galhos os quais estavam secos e mortos. Percebi então, que nenhum dos pedaços em questão possuíam folhas verdes, o que obviamente me fez entender que os fragmentos caídos ao chão já não tinham vida, e por isso eram inúteis as árvores. Na ocasião, refleti sobre as muitas vezes que Deus permite com que nossas vidas sejam sacudidas e golpeadas pelas circunstâncias. Em tais situações somos desafiados a entender que Deus consente com que experimentemos pressões a fim de que eliminemos coisas inúteis à vida cristã.

Caro leitor é imprescindível com que você entenda que nada acontece em nossas vidas sem a permissão de Deus. Ele é o Senhor, Ele é poderoso e nada foge aos seus olhos! Portanto, não se deixe levar pela murmuração ou pelos queixumes da vida, antes, creia num Deus soberano, entendendo que ele cuida detalhadamente de cada um de nós, fazendo-nos habitar no esconderijo do altíssimo, à sombra do Onipotente.
Portanto lembre-se: Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados segundo o seu propósito. (Rm 8:28 )

Pense nisso!

Renato Vargens

Nenhum comentário: