13 de março de 2009


"Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo.
Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue, quando todos esperam que desistas.
Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você.

Quando não conseguir correr através dos anos, trote.
Quando não conseguir trotar, caminhe.
Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.


Mas nunca se detenha."

Um comentário:

Marcelão disse...

É preciso olhar pra frente e não viver de passado. Mas é também importante olhar para trás e ver o que fizemos até aqui. Mais do que contar vitórias, devemos reconhecer os erros, e com eles aprender a construir o futuro.