25 de janeiro de 2010

Minhas desequilibradas palavras são o luxo do meu silêncio.

Clarice Lispector

Nenhum comentário: