12 de julho de 2011

PACIÊNCIA PARA SEMPRE!


"Aguardo o SENHOR, a minha alma o aguarda, eu espero na sua palavra." Salmos 130.5

Crianças são imediatistas: “Mas eu quero a sobremesa agora!” “A gente já chegou?” “Já podemos abrir os presentes?” Em contraste, conforme envelhecemos, aprendemos a esperar. Estudantes de medicina esperam enquanto fazem suas residências médicas. Os pais aguardam com a esperança de que o filho pródigo retornará. Esperamos por aquilo que merece ser esperado, e no processo aprendemos sobre a paciência.

Deus, que é atemporal, requer de nós uma fé madura que saiba lidar com atrasos que aparentam ser provações. A paciência é um sinal dessa maturidade, uma qualidade que só pode ser desenvolvida com o passar do tempo.

Muitas orações na Bíblia resultam de uma espera. Jacó esperou sete anos por uma esposa e depois trabalhou mais sete por ter sido enganado por seu sogro (Gênesis 29:15-20). Os israelitas esperaram quatro séculos por libertação; Moisés esperou quatro décadas pelo chamado para guiar o povo e mais quatro décadas por uma Terra Prometida na qual não entraria.

“A minha alma anseia pelo Senhor mais do que os guardas pelo romper da manhã…” escreveu o salmista (Salmo 130:6). O que me vem à mente é a figura de um guarda contando os minutos para que seu turno chegue ao fim.

Oro por paciência para suportar momentos de provações, para permanecer com expectativa, esperança e fé. Eu oro pedindo paciência para ser paciente.


Philip Yancey

Nenhum comentário: